Tesouro Direto

É sem dúvida um dos mais indicados pelos consultores para quem quer investir no longo prazo e sem risco.

É bem fácil de fazer esse investimento - operacionalmente falando -  basta entrar em contato com o seu banco, assinar um Termo de Adesão e aguardar um e-mail do Tesouro Direto com usuário e senha de acesso à plataforma.

 

Bom, agora sobre o Tesouro Direto, invariavelmente o Tesouro Nacional emite títulos da dívida com prazos e características pré-determinadas. No site do Tesouro Nacional tem até um passo a passo de como negociar, para que serve e etc. De qualquer forma, o intuito dessa postagem é analisar a remuneração de determinados títulos e suas características. Futuramente falaremos da importância da emissão desses títulos no âmbito nacional.

=====================================================================================================

Abaixo títulos disponíveis para negociação em janeiro de 2012 com suas características disponíveis na plataforma de negociação do Tesouro Direto.

Observações:

  1. A rentabilidade dos títulos corresponde à variação do indexador acrescida da taxa de juros, no caso de LTN a rentabilidade corresponde à taxa de juros.
  2. A variação do IGP-M nos últimos doze meses foi de 6,92%.
  3. A variação do IPCA nos últimos doze meses foi de 7,31%.
  4. A taxa SELIC atual é 11,00% ao ano.

 

 Prós:

- risco país. Você só corre risco de perder o retorno da aplicação caso o país quebre.

- pode diversificar entre compras de títulos indexados a Selic e IPCA + taxa de juros definida.

- plataforma de negociação é amigável, o que facilita a análise no momento da aplicação.

 

Contras:

- você precisa de um intermediário para fazer a negociação e os custos variam de banco para banco além de taxas cobradas no Tesouro Direto como a) 0,10% sobre o valor da operação na compra e b) taxa de custódia BMF&Bovespa de 0,30% aa.

- Imposto de Renda sobre o rendimento líquido no momento resgate. (mesma tributação do CDB).

Tabela IR – Tesouro Direto

Prazo

Alíquotas regressivas

Até 180 dias

22,50%

181 a 360 dias

20,00%

360 a 720 dias

17,50%

acima de 720 dias

15,00%

- títulos com melhor remuneração estão disponíveis com prazos superiores há no mínimo cinco anos.

 

Exemplo de aplicação no Tesouro Direto

Para o Tesouro vamos utilizar os que atualmente estão remunerando melhor, pois as LTN’s Pré-fixadas com vencimento até 2015 estão remunerando no máximo 10,93% aa.

Nesse caso, só valeria a pena caso houvesse uma queda nos juros de forma expressiva em dois anos. Dificilmente isso ocorrerá no Brasil.

 

Titulo LFT com indexador da Selic considerando a taxa atual de 11% aa

 

Indexador SELIC

11,00%

   

Aplicação

100%

   

Prazo

Alíquotas IR

% Real

% Retorno

Até 180 dias

22,50%

77,50%

8,53%

181 a 360 dias

20,00%

80,00%

8,80%

360 a 720 dias

17,50%

82,50%

9,08%

acima de 720 dias

15,00%

85,00%

9,35%

 

De acordo com a tabela temos:

>LFT indexado a Selic

>Vencimento em 03/2013 >Remuneração 9,08%

>Vencimento em 03/2014 >Remuneração 9,35%

 

Título NTN-B com indexador IPCA+5,18% aa

Para essa aplicação vamos usar como parâmetro a inflação acumulada de 2011 6,5031% + 5,18 aa

 

Indexador

     

IPCA + 5,18%

11,68%

   

Aplicação

100%

   

Prazo

Alíquotas IR

% Real

% Retorno

acima de 720 dias

15,00%

85,00%

9,93%

 

> NTN-B IPCA+5,18% aa

> vencimento 05/15 >> Remuneração 9,93%

 

Observações importantes sobre esse título:

  1. Vencimento longo, em 2015.
  2.  Interessante observar as metas de inflação divulgadas pelo Governo

Para estes títulos não estamos considerando as taxas adicionais como custo transacional da corretora e custódia.

 

Este é sem dúvida o investimento, de risco baixo, mais indicado por todos os analistas de investimentos! Vale a pena fazer a     Comparação entre Aplicações.    


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!