Trava de Alta

Como o nome diz, a perspectiva é altista. Você pela análise acredita que o preço da ação vai subir.
A trava de alta caracteriza-se pela compra de X opções de um strike (preço de exercício) e a venda do mesmo número de opções de um strike superior.

Esta é umas das estratégias mais utilizadas pelos operadores de Opções.

Exemplo:
Compra 1k VALEA46 a R$ 0,62 (-R$ 620)
Vende 1k VALE48 a R$ R$ 0,17 (R$ 170)
Custo da operação: R$ 450,00

Existe uma diferença básica entre uma trava e uma operação a "seco". Na trava, o seu lucro máximo e a sua perda são limitados.


Na trava de alta o máximo que você pode lucrar é a diferença entre os dois strikes vezes a quantidade montada, menos o custo da operação.

No nosso exemplo:
48-46=2 (diferença entre os strikes)
2x1000=2000 (quantidade operada)
2000-450=1550 (custo da operação)

 

Lucro máximo (sem contar a corretagem): R$ 1550.
A perda máxima é o custo para montar a trava.

A diferença entre o valor do prêmio dos dois strikes é chamado de "spread".
O spread máximo entre o prêmio de duas opções é a diferença entre os valores de exercício. A46 e A48 por exemplo, seria R$ 2,00. Na nossa operação, na montagem o spread foi de R$ 0,45.


Na trava de alta, portanto, duas coisas são importantes:
- perspectiva altista.
- spread baixo.


Por que spread baixo?
Se o spread máximo é R$ 2,00. Montar uma trava de 1k com um spread de R$ 1,95, seria arriscar R$ 1.950 para tentar ganhar R$ 50,00.

Sugiro que estude todas as formas possíveis de negociações com opções antes comprá-las. Em especial procure entender bem como funcionam as chamadas Gregas.

É só uma pincelada de como esse mercado atrai tantos investidores...


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!