Seu primeiro Investimento

10/03/2012 19:42

Às vezes as pessoas se pegam na dúvida sobre onde começar a investir, pois diversas dúvidas surgem sobre qual tipo de investimento é o melhor para aquele momento.

Quando começamos a pesquisar sobre o assunto, somos bombardeados de sugestões, indicações e tudo mais. Alguns indicam Tesouro Direto, outros CDB’s, têm Analistas de Mercado comentando sobre fundos de Ações, especialistas falando sobre investir em apartamentos, terrenos, compra de Ações diretamente e etc.

De certa forma isso acaba sendo nocivo para quem está na dúvida, pois em meio a tantas opções, acabam por simplesmente fazendo nada. Deixam o dinheiro na poupança, sem estresse, na boa e tal e até se esquecem de aplicar o dinheiro.

 

Bom, realmente é desejável saber a característica de cada tipo de investimento, pois assim é possível identificar qual se enquadra melhor ao seu perfil. O interessante é que esse processo seja gradativo, na manha, sem pressa.

Precisa vir a favor, e não como uma lição de casa do colégio. (apesar de que se tratando de dinheiro, é bom cuidar com carinho =D)

 

O mais importante é que o primeiro passo já foi dado, ou seja, a vontade de fazer um investimento, independente do valor que seja.

Agora é necessário materializar esse desejo, e para isso, o passo seguinte é definir o seu Perfil de Investidor.

 

Temos alguns tipos de perfis como:

Poupador: não está preocupado com a remuneração do dinheiro e sim apenar guardar uma quantia mensalmente.

Conservador: guarda o dinheiro e quer aplicar, porém com risco zero.

Moderado: aceita correr um leve risco em meio aos seus investimentos para tentar ganhar um pouco mais

Agressivo: está disposto a correr alto risco com renda variável (jovens deveriam ter esse perfil)

Camicases: estão dispostos a correr o risco máximo de perder até o que não tem em uma aplicação.

 

Definido seu estilo, algumas perguntas também precisam ser respondidas como:

Quanto pretende investir?

Vai fazer aportes mensalmente?

Quando pretende resgatar?

 

Pronto! Sabendo disso, é tempo de fazer seu primeiro investimento. Tão simples quanto isso!

 

Vou indicar alguns baseados apenas no perfil de investidor, por exemplo:

Poupador: deixe o dinheiro em uma conta de poupança específica e faça os aportes religiosamente. Toda conta corrente tem uma conta poupança vinculada. No caso do Itaú, por exemplo, é o mesmo número da sua conta corrente com o /500 no final.

Conservador: pode optar por  Renda Fixa

Moderado: pode fazer um mix de Renda Fixa e Mercado de Ações

Agressivo: Mercado de Ações e Opções são interessantes

Camicases: Opções a seco ou descoberto.

 

Realmente requer um pouco de empenho, mas não é nada demais. 

Isso aí pessoal!! Qualquer dúvida, sugestão ou comentário avulso, não hesite em entrar em contato logo abaixo! Caso tenha gostado, dê um 'joinha' no facebook rsrs!!


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!