É Tempo de Criar sua Carteira de Ações e Fazer a Primeira Compra

Nota: na seção ESTRATÉGIAS haverá também algumas dicas para montar uma boa carteira.

 

Vamos observar alguns aspectos aqui do ponto de vista de investidor:

 

Você será sócio da empresa; Não se esqueça disso. Não faz sentido, por exemplo, você comprar ações da Redecar - RDCD3 e utilizar somente o cartão da de crédito com bandeira da VISA - CIEL3 

 

Para iniciantes, o interessante é montar uma carteira com pelo menos 80% de Blue Chips. Opte pelas Small Caps quando você tiver motivos muito bem fundamentados.

Aí você pergunta: - Mas o que são Small Caps e Blue Chips?

Blue Chips são as ações de 1ª linha. Empresas que, além de serem de grande porte, apresentam elevada liquidez e grande volume de negócios. Podemos tomar como base as ações que compõem o Índice Bovespa, mas ainda assim, não existe uma lista. Podemos citar algumas como:.

Petrobrás – PETR4

Vale do Rio Doce – Vale5

Banco do Brasil – BBAS3

Ambev – AMBV4

E por aí vai...

 

Small caps, algumas apelidadas de micos, também conhecidas como ações de 2ª e 3ª linha. São ações de empresas de patrimônio líquido, liquidez e volume de negócios inferiores às ações Blue Chips.

Ex.:

Estrela – ESTR4

Varig – VAGV4

Tec Toy – Toyb3

Chiarelli – CCHI3

Dentre outras.

 

Obs.: Liquidez pode ser entendida como a rapidez que você consegue transformar um ativo em dinheiro vivo a um preço justo.

Por exemplo, o que tem mais liquidez, um terreno na Zona Leste de SP ou um Fiat Uno?

Para você vender um terreno a um preço que julga justo, pode levar meses ou até mesmo anos.

Um Fiat Uno, se você for a qualquer concessionária por aí, é certo que haverá alguém comprando a um preço teoricamente de Mercado.

 

Small Caps também tem spread alto. Spread nada mais é do que a diferença entre o valor que estão vendendo uma ação e o valor que querem pagar. O Spread de uma Blue Chips é sempre bem justo.

 

 Observe a política de dividendos. É interessante que sua empresa seja boa pagadora de dividendos. É uma ótima remuneração de longo prazo Tratarei mais disso na seção de ESTRATÉGIAS.

 

A partir do momento que você “encarteirar” uma ação, trate de acompanhar pelo menos de vez em quando como vão indo os negócios da empresa. Se cadastrar no site para receber as informações que são relevantes e analisar os resultados trimestrais já é bom um começo. Todas as informações são disponibilizadas no site da empresa na guia RI – Relações com Investidores.

 

Se você não tiver paciência para ficar fazendo análises das empresas para definir qual ação irá comprar, o que mais tem por aí são Carteiras Recomendadas. Os Bancos e Corretoras disponibilizam nos seus sites uma lista com as ações que eles supõem ter um bom potencial de crescimento em determinado período. Que fique bem claro que é apenas uma indicação. Se de repente você comprar e o preço da ação cair, o único responsável é você. É por sua conta e risco sempre.

 

Tente fazer um Hedge na sua carteira. Mas o que é Hedge Serginho?

Funciona como uma proteção. Por exemplo, seria muito arriscado você montar uma carteira somente com ações de empresas que tem boa parte da sua receita vinda das Exportações para América do Sul.

Com o dólar em baixa, conseqüentemente os resultados da empresa não seriam os melhores e o preço da ação também poderia cair. 

Enfim, em breve comento mais a respeito.

 

Agora sim!

Chegou à hora de fazer a 1ª compra!

Primeira Compra!!

Agora que já sabe quais ações irá comprar, é o seguinte, você vai fazer tudo via Internet.

Antes de colocar a sua 1ª Ordem de Compra, saiba que as ações são negociadas por lotes. Um lote pode ser: de cem, de mil ações e de cem mil; os famosos Lote-Padrão.

Essas informações sobre os lotes negociados você poderá verificar no seu Home Broker sem problemas.

 

Se você não estiver muito bom nas finanças e não ter grana para comprar um Lote mínimo, existe outro mercado, o Fracionário que também é possível visualizar as cotações no Home Broker.

Já adianto que as compras e vendas por lotes têm mais liquides do que pelo mercado fracionário.

 

Ex.: Um lote mínimo de ações da Vale equivale a 100 ações. Vamos supor que uma ação esteja sendo cotada a R$ 50,00. Logo você teria que ter R$ 5.000,00 para comprá-las. Caso você não tenha esse dinheiro, poderá negociar no mercado fracionário.

Você vai lá e coloca uma ordem de compra para comprar a VALE5F.

Basta acrescentar a letra F na frente do ativo que você compra pelo fracionário, pode ser qualquer quantia.

 

Agora vamos para algumas nomenclaturas:

 

Toda ação é negociada na Bovespa com uma seqüência de 4 letras e um número. As letras correspondem à companhia e os números, o que significam esses números?

Opa! Corresponde ao tipo de ação que está sendo negociada. Os mais usuais são estes abaixo.

nº 3 quer dizer que a ação é ordinária.

Petrobrás – PETR3

nº 4 quer dizer que a ação é preferencial

Bradesco – BBDC4

nº 11 quer dizer que é UNIT ou um BDR.

Banco ABC Brasil ABCB11 ou Agrenco - AGEN11

 

Na verdade os números podem variar até 13. Veremos mais abaixo cada um de seus significados.

 

Algumas definições:

Ação é ordinária: dá direito a voto nas AGEs.  Mas como assim?

Seguinte. AGE nada mais é do que Assembléia Geral Extraordinária. De tempos em tempos as empresas convocam os acionistas para Assembléias a fim de definir quais serão os próximos passos que a empresa irá tomar. Se de repente acontecer uma votação por lá, você tem direito de dar um “palpite”.

E a preferencial? Bom, esta te dá prioridade no recebimento de dividendos mas não te dá o direito a ir dar palpites nas AGE’s. É bem por aí.

 

 Observações importantes:

 

Geralmente as preferenciais têm mais liquidez e as empresas que ingressam no Novo Mercado da Bovespa emitem somente ações ordinárias como, por exemplo, as Lojas Marisa – MARI3.

 

Entenda Unit como um lotezinho de ações preferências e ordinária. Por exemplo, Banco ABC Brasil - ABCB11 corresponde a 6 ações preferências e 3 ordinárias. (valores meramente ilustrativos).

Os BDR’s - Brazilian Depositary Receipt também sob o número 11 correspondem a ações empresas estrangeiras que negociam suas ações no mercado brasileiro.

Na verdade é um título emitido por algum banco brasileiro para representar as ações de algum emissor estrangeiro. Exemplo Agrenco – AGEN11.

 

3ª Se você de repente deparar com uma ação de código terminado em 1 ou 2, ex.; JBSS1. Não se assuste! Isso é um direito a subscrição. O número 1 a uma ação ordinária e o 2 a uma preferencial.

É o seguinte, você terá direito a obter determinada ação a um preço pré-estabelecido no vencimento. Pode vender este direito ou não. Em troca, receberá um prêmio; entenda-se dinheiro.  No final vou comentar um pouco a respeito do mercado de opções, aí vai ficar mais claro o direito a subscrição, pois a venda desse direito é igual no Mercado de Opções.

 

4ª Temos ainda os números 5, 6, 7 e 8. Cada número representa uma classe de ação preferencial.

Classe A, B, C e D nessa ordem. Geralmente representam entre si um diferencial na distribuição de Dividendos.

Seria necessário observar o estatuto da empresa para ver quais as características de cada classe já que variam de empresa para empresa.

 

Os números 9 e 10 correspondem a algum direito que você adquiriu sobre alguma ação ordinária ou preferência. Direito de subscrição por exemplo. O 9 para ordinária e o 10 para preferencial. É interessante que seja verificado também no estatuto qual é exatamente a característica desse ativo. Infelizmente a maioria dos novatos sequer se importa em verificar o estatuto, avaliar um balanço ou algo parecido. Sugiro que esse tipo de análise seja feita sem pestanejar.

 

Os números 12 e 13 não possuem uma padronização efetiva. Seria necessário observar o estatuto da empresa e verificar quais as características do ativo já que as denominações variam bastante.

 

Eu particularmente acho uma chatisse todas essas denominações mas estou certo que no futuro próximo haverá uma padronização na classificação dos ativos. Facilitaria e muito o bom entendimento dos que estão prestes a se aventurar no mercado de ações.